ATENÇÃO: Radar inteligente é instalado em frente da escola Jesuíno de Arruda e no Jardim Botafogo

radar inteligente

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social de São Carlos está expandindo o sistema de videomonitoramento do município com a instalação de novas câmeras LPR – Licence Plate Recognition -, com detecção de placas de veículos em imagens e streamings em tempo real.

No total serão instalados 4 novos equipamentos, porém 2 câmeras já foram instaladas, uma na rua Jesuíno de Arruda e outra na região do bairro Botafogo. As outras duas serão instaladas nas mesmas vias, porém no sentido contrário.

De acordo com o chefe de gabinete da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, Paulo César Belonci, os equipamentos não fazem leitura de velocidade. “O objetivo não é atuação de trânsito e sim para fins criminais. Elas identificam o veículo pela leitura da placa, repassam as informações para a central, os dados são enviados para a Prodesp, empresa de tecnologia do Governo de São Paulo que gerencia o Sistema Detecta, que verifica se o veículo foi roubado ou furtado, envolvido em sequestro ou outro tipo de crime. As informações são automaticamente repassadas para a central da nossa Guarda Municipal, para a Polícia Militar e para a Polícia Civil”, explica Belonci.

Samir Gardini, secretário de Segurança Pública, lembra que o município é integrado ao Sistema Detecta desde 2018. “O Detecta é um sistema de monitoramento inteligente, o maior Big Data (conjunto de informações armazenadas) da América Latina, que integra bancos de dados das polícias paulistas, como os registros de ocorrências, Fotocrim (banco de dados de criminosos com arquivo fotográfico), cadastro de pessoas procuradas e desaparecidas, dados do Departamento Estadual de Trânsito, registro de veículos furtados, roubados e clonados. É um trabalho e uma ferramenta muito importante para a segurança pública”, finaliza o secretário.

No total o sistema de videomonitoramento de São Carlos é composto por 49 câmeras de vídeo e 7 radares de velocidade com sistema OCR (Optical Character Recognition), tecnologia para reconhecer caracteres.
a Jesuíno de Arruda, em São Carlos. As novas câmeras integram o Sistema Detecta, porém não são radares de velocidade
O objetivo da instalação do radar é melhorar a segurança dos munícipes, pois o aparelho monitora as placas de veículos que transitam pelo local e auxilia na identificação de carros que são furtados ou roubados na cidade ou em outros municípios.
Além do monitoramento citado, o radar também flagra motoristas usando o celular ao volante, falta do uso do cinto de segurança.
No total serão instalados 4 novos equipamentos, porém duas câmeras já foram instaladas, uma em frente a escola Jesuíno de Arruda e outra na avenida José Pereira Lopes em frente a um Sacolão, no sentido Água Fria, no bairro Jardim Botafogo. As outras duas serão instaladas nas mesmas vias, porém no sentido contrário.
Os equipamentos não fazem leitura de velocidade. “O objetivo não é atuação de trânsito e sim para fins criminais.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Este post tem um comentário

  1. Na minha opinião para ter controle de velocidade dentro da cidade primeiro tem que ter as placas de sinalização indicando o limite máximo de velocidade permitida.

Deixe uma resposta

© 2019 Diário São Carlos. Todos os direitos reservados.