UFSCar recebe inscrições em projeto sobre ensino da história africana em Libras

Estão abertas as inscrições para participação no projeto de extensão da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) intitulado “Ensino da História da África e da Cultura Africana e Afro-Brasileira em Língua Brasileira de Sinais”, vinculado ao Núcleo de Estudos e Pesquisas em Tradução, Interpretação e Educação para o Antirracismo em contextos sociolinguísticos de línguas de sinais, criado por Diléia Aparecida Martins, docente do Departamento de Psicologia (DPsi) da Universidade.
A iniciativa realiza a produção de materiais bilíngues, tradução de contos, histórias e narrativas que revelam a filosofia africana pelo cultivo da natureza, da vida e, sobretudo, pela disseminação de valores que favoreçam a empatia e o respeito.
O projeto, que une profissionais da UFSCar, além das universidades federais de Lavras (Ufla) e Juiz de Fora (UFJF) e da Prefeitura Municipal de Juiz de Fora, visa ampliar o conhecimento sobre estudos da tradução, interpretação e educação antirracista em contextos bilíngues de línguas de sinais; promover a formação continuada de professores, tradutores e intérpretes de Libras; articular teoria e prática no ensino da História da África e da Cultura Africana e Afro-brasileira em Libras; divulgar a pesquisa desenvolvida no DPsi nas áreas de Libras e Ensino e Tradução e Interpretação de Libras; e consolidar trabalhos desenvolvidos no curso de Bacharelado em Tradução e Interpretação em Libras/Língua Portuguesa (TILSP) da UFSCar.
A atividade, de inscrição contínua, é aberta às pessoas interessadas, que podem optar por participar como colaboradoras externas – com auxílio na tradução de materiais ou na criação de vídeos em Libras -, como pesquisadoras do grupo ou apenas para receber informações. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas por meio de preenchimento deste formulário online (https://bit.ly/2K1lQk6), momento em que será preciso escolher em qual modalidade prefere participar.
O projeto se enquadra na linha temática “Ensino da História da África e da Cultura Africana e Afro-Brasileira” e conta com a coordenação de Martins e de Érica Alves Barbosa Tavares, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSCar e docente do Departamento de Educação da Ufla. Mais informações estão disponíveis em https://bit.ly/2K1lQk6.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Deixe uma resposta

© 2019 Diário São Carlos. Todos os direitos reservados.